segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

se divertir ao extremo ou ser completado por alguém ?

As vezes eu paro e penso: eu poderia estar curtindo mais a minha vida, podia ficar com vários caras por ai, beber todas e não saber nem o nome da minha mãe, não me envolver com ninguém, sair, me divertir, me esbaldar. Mas quando penso que posso ter carinho quando quiser, posso fazer amor com uma pessoa que me ame, ver filme no frio com pipoca, chocolate e coca-cola e ter alguém pra me esquentar, ser beijada e sentir um 'algo mais', uma coisa que me prenda, um amor incontrolável, me pergunto se toda essa 'farra' vale a pena.
Como é bom ter ALGUÉM QUE TE COMPLETE! Uma pessoa que a quem você possa se entregar de corpo e alma, que te ama demais, que te beija com volúpia, sussurra coisas fofinhas no seu ouvido, simplesmente te completa; e isso, eu não troco por nada. Por nenhuma night, por nenhuma bebedeira, por nenhuma ficada sem valor. O amor é bom demais, e ser completado de uma certa forma por outra pessoa é uma das coisas mais perfeitas que existem nesse mundo.

Um comentário:

  1. Marina,
    Estou curtindo demais essa fase de ousadia, mas confesso que trocaria isso tudo por um amor sincero.

    Beijos,
    "Em busca do verdadeiro amor"

    ResponderExcluir