quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

amor próprio.

Quanto tempo sem passar por aqui, não? Enfim, feliz ano novo tudo de bom e blablabla.
Foi exatamente um fato do reveillon que me fez pensar e refletir em certos acontecimentos da vida...

Sabe quando você fica LOOOOOOOOOUCA pra telefonar, fuxicar o orkut/facebook/twitter, sentir aquele abraço, aquele beijo e o SEU AMOR não está ali. Totalmente frustrante.
Depois de passar momentos maravilhosos, de vocês estarem ficando a algum tempo, ele simplesmente CAGA pra você.  E ai, o que fazer?
Como já disse em outro post, sou leiga demais pra entender os homens. Mas entendo bem as mulheres por ser uma. Homens tem uma mesma metodologia, que eu realmente NUNCA conseguirei entender. Portanto, pense comigo: se ele gostar realmente de você, levar em conta todos os momentos ocorridos, ele VAI CORRER ATRÁS DE VOCÊ. Quanto mais você pisa num homem, mais ele corre atrás de você (está definitivamente comprovado por marilibano's studies').
Só corra atrás de um homem, se isso for recíproco, se ele te liga, fala sempre com você, te presenteia e tudo mais, CORRA E SEGURE ESSE HOMEM.
Fora isso, você deve pensar em você, SÓ EM VOCÊ! Se ele não retorna sua ligações, caga pra você, faça o mesmo, e se conforme... não era o homem certo; levanta, sacode a poieira e dá a volta por cima.
Abra seu coração, conheça o o amor prório. É pra esse amor que você tem que se doar completamente, em toda a sua vida. Porque se você não se amar, se valorizar, quem é que vai fazer isso por você ? Pense, repense e veja se esse homem vale mesmo a pena.
Todo mundo merece ser feliz, inclusive você. O amor só é bom, quando é recíproco; quando não é, só traz sofrimento. Repense! Se ame.

Um beijo pra todos e em especial, para a Amanda Murat, que me fez pensar um pouco sobre isso.

2 comentários:

  1. Quem quer, encontra um meio. Quem não quer, encontra uma desculpa.

    ResponderExcluir
  2. A gente sabe que é assim, mas por em pratica é bem dificil. Mas esse ano vamo nos dedicar somente a quem vale a pena! Seja o que Deus quiser.

    ResponderExcluir